ACADEMIA BRASILEIRA DE COACHING E PNL

Blog

Diálogo interno que pode causar muito mal

Blog

A dualidade do diálogo interno

Diálogo interno – As vezes ouvimos as pessoas falarem consigo em voz alta, isso nos parece estranho. No entanto, todas as pessoas falam consigo em silencio, as vezes nem percebemos e quando notamos nos parece perfeitamente normal. É que o dialogo interno em silencio é comum a todas as pessoas, por isso não há que ninguém estranhar.

Se alguém de alguma forma te magoa, ou fala algo do qual discorda, o que você faz?

Das duas uma, ou você responde em voz alta ou se afasta para evitar o confronto. E é agora que acontece a ruminação. Você impõe toda a cena de raiva em sua mente. Aí imagina-se falando, gritando e dizendo muitas verdades bem desagradáveis para a outra pessoa. Você passa horas em diálogos internos tão negativos quanto destrutivos.

Onde você for o diálogo interno te acompanha

Há uma conversa contínua na cabeça de todos nós. Muita energia, tempo e atenção são desperdiçados ao se discutir pequenos incidentes sem importância. Esta conversa continua desde o momento de acordar até adormecer novamente. O diálogo interno continua enquanto trabalha, estuda, lê, assiste TV, fala, anda e come. Há um julgamento constante das pessoas, comentando o que está acontecendo, planejando, fofocando. Conversas mentais com pessoas que você conhece e também criadas pela sua imaginação.

Estes diálogos internos provocam um grande efeito cascata. Quanto mais você os conduz, mais fica preso a eles, incapaz de detê-los. Quando as emoções também são evocadas, mais poder, energia e apego são adicionados. Isso tem um efeito adverso sobre o comportamento, julgamento e desempenho geral.

Em muitas ocasiões, o diálogo interno é negativo e fortalece qualquer atitude ou comportamento negativo. A maioria das pessoas que não tem fé suficiente em si e em suas habilidades, permitem que sua mente se envolva em diálogos internos negativos na tentativa de fortalecer seu ego diminuído no embate do dia a dia.

O processo e o efeito dessas conversas internas são semelhantes às afirmações. O pensamento constante sobre o mesmo assunto, afeta a mente subconsciente, que conseqüentemente aceita esses pensamentos e palavras e age de acordo com eles.

Os diálogos internos negativos trazem resultados negativos, e os diálogos internos positivos trazem resultados positivos.

Você pode usar esse processo a seu favor

É uma atividade automática, que continua se você está ciente disso ou não. Se você aprender a tomar consciência disso, você ganha a capacidade de controlá-lo. Você pode transformá-lo em um diálogo positivo. Se você fizer isso, pode perceber que tem a posse do poder. Tente estar atento aos seus pensamentos. Calmamente, veja o que está acontecendo em sua mente, mesmo que depois de alguns momentos você possa esquecer de fazer isso.

O diálogo interno continua mesmo quando fisicamente você está envolvido com outra coisa. Não é tão fácil se separar dos pensamentos e das palavras através do fluxo mental. Uma e outra vez, esforçar-se para manter sua atenção do que está indo dentro de sua cabeça e, eventualmente, você poderá tomar conhecimento do diálogo interno por longos períodos de tempo. Observar a mente e o que está acontecendo no interior desenvolve desapego, e isso facilita o controle da conversa.

Diálogo interno positivo

Sempre que você se descobrir conduzindo uma conversa inútil consigo mesmo, pare ou mude para algo mais útil e significativo. Substitua o assunto e as palavras. É como ouvir uma gravação. Por que não substituí-lo por outra gravação que você gosta? Por que deixar essa gravação tocar sozinha? Mude as palavras do diálogo interno para as positivas, sobre boa saúde, felicidade e sucesso.

Há outra coisa que você pode fazer, mas isso requer um certo grau de concentração e força de vontade. Você pode aprender a parar essa conversa interna, ignorando-a e dando a sua mente férias. Por que não deixar a mente descansar um pouco e aproveitar o resto da conversa incessante. Haverá mais felicidade e paz, quando esse diálogo for silenciado.

É bom ter um diálogo interno às vezes, mas, na maioria das vezes, é apenas uma conversa incessante e inútil, que distrai a atenção do que você está fazendo no momento. Ao tomar consciência disso, substitua-o por pensamentos positivos, recuse a se envolver com ele e então você ganha a capacidade de controlá-lo.

Compartilhar este artigo:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preparamos você para ser um vencedor. Acredite – você é capaz de superar qualquer dificuldade para chegar onde desejar – vamos te dizer como.