ACADEMIA BRASILEIRA DE COACHING E PNL

Blog

Inteligência emocional – Autogestão

Blog

Autogestão de suas emoções

A força que impulsiona você.

Autogestão – Para todo comportamento existe uma força de propulsão que o impulsiona, essa força se chama emoção. Quando alguém sorri é por que sente alegria, entusiasmo ou por que outra pessoa o emocionou. Quando há choro é por que existe tristeza ou medo. Se há sacrifícios é por que existe amor. Por mais racional que seja uma pessoa, não resta dúvida que seus sentimentos, pensamentos e comportamentos de alguma forma serão resultado de suas emoções. No entanto, pode acontecer dessas força propulsora ser apenas reações emocionais. E essa força pode forçar comportamentos sem uma intervenção adequada do seu sistema racional.

Emoções podem provocar reações indesejadas

Sendo assim haverá ocasiões onde essa reação será reprovável por seus interlocutores e até por você mesmo. Isso pode causar dores e sofrimentos desnecessários a todos. Portanto como muita coisa na vida, as emoções (e seus comportamentos resultantes) terão melhores resultados quando expressados com moderação. Esse moderador racional chama-se cortex pré frontal. Ele intervém quando toma conhecimento dessa emoção. O cérebro é um bio computador e a mente um agregado de software. Então é preciso que já exista no cortex um programa instalado para ser usado nessas ocasiões.

O que é autogestão?

Autogestão é saber usar sua autoconsciência, (ler artigo) para identificar  suas próprias emoções e redirecionar o impulso emocional que ela produzir. Assim você terá como resultado um comportamento mais adequado e positivo. Isso não significa que você deva suprimir suas emoções negativas, até por que isso não existe. O que você deve fazer é tomar consciência delas e editar seu próprio comportamento. Algumas emoções acontecem sem que você perceba, é quando um evento emocionalmente forte o pega de surpresa. Outras emoções são acumulativas, significa dizer que você identificou o que sente e percebe quando está aumentando. Se deixar aumentando assim, poderá se tornar insuportável ou até mesmo incontrolável. A emoção é uma preparação do corpo para você lutar ou fugir. No entanto no mundo civilizado, na maioria das vezes fugir não é uma opção. Então você vai ter que encarar e lutar. Mas o que fazer com todo esse estresse? É nessa ocasião que entra sua autogestão.

As estradas cerebrais

Cada vez que você pensa, seus neurônios através de sinapses, que são a forma como eles se comunicam, vão criando estradas cerebrais. Quanto mais você pensa sobre o assunto mais essas conexões se fortalecem. A estrada fica cada vez mais larga e bem definida. Esse efeito para sua mente é um programa que fica pronto para ser rodado quando necessário. Quando nascemos esse computador que se chama cérebro já vem com seu sistema operacional instalado. A medida que amadurecemos mais sistemas auxiliares vão sendo implantados. É o cérebro quem gera os sistemas e a mente quem os cria e controla. Quando a amídala cerebral envia seus sinais emocionais, através de hormônios e neurotransmissores, seu cérebro vai rodar o programa que estiver disponível. Se você tem mais de um sistema instalado, sua consciência terá oportunidade de escolher a que melhor se encaixar para o momento.

Para melhorar sua autogestão:

  1. Desenvolva sua autoconsciência para perceber e identificar suas emoções. Lembre-se: só assim você vai entender o que está acontecendo consigo, sem esse conhecimento não existe autogestão.
  2. Nossa capacidade pulmonar vai muito mais além do que estamos acostumados a usar. Faça fluir mais sangue no seu córtex cerebral respirando profundamente e então seus pensamentos serão mais claros.
  3. Para as emoções que você perceba que vai existir um pico máximo, se antecipe a amídala se afastando do que está provocando o estresse e estabeleça uma análise mais racional da situação. Então tome a atitude que lhe for mais conveniente.
  4. Para cada emoção que não exista como se antecipar ao valor máximo dela, você tem que encontrar soluções mentalmente, usando sua imaginação. Pense em como você resolveria essa situação para encontrar resultados mais satisfatórios. Isso criará aquele sistema de que falamos antes e ficará instalado no seu cérebro para que da próxima vez que acontecer o mesmo evento você tenha a oportunidade de fazê-lo funcionar.
  5. Quando você tiver bastante consciência de suas emoções, passe a prestar atenção as emoções das pessoas com quem convive. Agora tente redirecionar aqueles impulsos de acordo com as emoções das outras pessoas.
  6. As emoções podem ser usadas como ferramentas de trabalho. Use as suas para colher vantagem. Você pode se tornar muito mais produtivo quando aprender a usar suas emoções para se motivar. Entenda que a emoção deixa seu corpo preparado para a luta então vá a luta pois trabalho é uma luta boa e próspera.
  7. Tenha Uma boa perspectiva de futuro, isso ajudará você a ter bons pensamentos. Como as emoções também podem ser geradas internamente, você certamente terá boas emoções com pensamentos positivos.

A autogestão e a responsabilidade

A autogestão é também ter responsabilidades com os compromissos assumidos com você e com os outros. Quandodisser sim, precisa falar e trabalhar de forma comprometida. As coisas nem sempre funcionam como planejado, mas com a autoconsciência você pode medir sua capacidade de se empenhar e fazer com que a autogestão motive você a sempre dar o melhor de si. Autogestão também é dizer não, portanto só assuma compromisso com aquilo que sua capacidade permitir e seu tempo também.

Compartilhar este artigo:

One thought on “Inteligência emocional – Autogestão”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preparamos você para ser um vencedor. Acredite – você é capaz de superar qualquer dificuldade para chegar onde desejar – vamos te dizer como.