• Palestra

  • Treinamento

  • Curso

h6

Estudos mais recentes de neurociência têm mostrado como o cérebro humano responde a estímulos, em um nível subconsciente. Foi um achado para o marketing, que não deixa passar nenhuma oportunidade de explorar a mente humana para aumentar vendas.

Faz todo sentido, pois 95% das nossas decisões de compras vem de um nível inconsciente. Roger Dooley, autor do livro Brainfluence, é um dos principais estudiosos do Neuromarketing e mostra como podemos aproveitar melhor a natureza do cérebro na hora de pensar em nossa ações de marketing. Existem vários princípios muito úteis para aprimorar seus anúncios ou páginas na internet.

  • Todo nosso conteúdo:
  • Sempre será fundamentado na neurociência.
  • Mostre as diferenças com clareza

    A mente humana não é boa em comparações muito próximas. Facilite este esforço com comparativos claros entre produtos ou serviços, mostrando graficamente benefícios e o que o consumidor ganha ou deixa de ganhar em cada opção. Um bom exemplo seria o do emagrecimento, apresentando o antes e o depois.

  • Número de opções do consumidor

    Nosso cérebro não gosta de ficar indeciso, prefere não decidir a ter que empreender esforços em uma decisão complexa. Quando lida com muitas informações, precisa avaliar, relacionar, raciocinar e, se o número de opções é alto, exige mais esforços, gera angústia e dúvidas. Por isso, reduza o número de opções.

  • Falar sobre dinheiro

    Um simples nome pode exibir imagens relacionadas a dinheiro o que dispara a nível cerebral estímulos relacionados a um egoísmo e egocentrismo maiores. Deve-se evitar esse tipo apelo em produtos de alto valor agregado. Que seja usado tão somente em produtos ou serviços que gerem um ganho financeiro imediato.

NEUROMARKETING

Marcas hoje estão transformando seus consumidores em amantes de produtos, os consumidores amam a marca, isso reverte em consumidores muito mais que fiéis. Esta relação de amor está relacionada a criação de engajamento emocional. O neuromarketing é o marketing das emoções, onde marca/produto e consumidor se relacionam de forma emocional.

Entenda o que acontece em seu cérebro com relação as emoções. Saiba como executar a melhor gestão possível do impulso que essa emoção produz. Aprenda a tirar proveito dessa força para se motivar e realizar seus objetivos, pois a motivação nada mais é, que saber buscar a emoção certa e empregar de forma correta.

Entenda o que acontece em seu cérebro com relação as emoções. Saiba como executar a melhor gestão possível do impulso que essa emoção produz. Aprenda a tirar proveito dessa força para se motivar e realizar seus objetivos, pois a motivação nada mais é, que saber buscar a emoção certa e empregar de forma correta.